30 de jun de 2008

Sugestão para Professores

Programa DOSVOX
~~~~~~~~~~~~~~~
Conheci esse programa na minha escola que atende aos alunos com deficiência visual.
O programa permite uma interação do aluno através do computador com textos e outros arquivos.
Os textos digitados podem ser ouvidos pelo aluno.
Vale à pena conhecer o DOSVOX!
Foi desenvolvido na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro)
e pode ser baixado gratuitamente:
♥♥♥
Os downloads podem ser obtidos em:

Organizado por Ivanise Meyer®

Dia dos Pais

Sugestões
~~~~~~~~~~
Dia dos Pais
~~~~~~~~~~


Fizemos essa entrevista para fazer com o papai.
♥♥♥

Camisa porta-caneta
Se quiser, pode fazer um livrinho com trabalhinhos para e sobre o papai.
♥♥♥

Essa caixinha eu fiz no ano passado a partir da idéia da Jacirinha.
A parte de baixo é um "cartão" que se abre.
♥♥♥
Obrigada, Jacirinha! Pois com tuas idéias criativas podemos nos inspirar e fazer trabalhos lindos!!!

♥♥♥

Essa é minha criação em 2006.
Um chaveirinho em EVA com desenho feito pela criança
com caneta de retroprojetor.
Prender o chaveiro na chave com fita adesiva
e colocar num saquinho de celofane decorado.
Enfeitar com fitinho.
♥♥♥
A chave é de cartolina com o dizer:
PAPAI
O teu amor é a chave
do meu coração!

Organizado por Ivanise Meyer®

28 de jun de 2008

Mensagem

ORAÇÃO DO GRUPO
.................................


Senhor eu te peço pelo meu grupo.
Para que nos conheçamos melhor em nossas limitações;
Para que cada um de nós sinta e viva as necessidades dos outros;
Para que as nossas discussões não nos dividam, mas nos unam em busca da verdade e do bem;
Para que cada um de nós, ao construir a própria vida, não impeça o outro de viver a sua;
Para que as nossas diferenças não excluam a ninguém do nosso grupo, mas nos levem a buscar a riqueza da unidade;
Para que olhemos para cada um Senhor, com os teus olhos e nos amemos com o teu coração;
Para que o nosso grupo não se feche em si mesmo, mas seja disponível, aberto, sensível aos desejos dos outros;
Para que no fim de todos os caminhos, além de todas as buscas, no final de cada discussão e depois de cada encontro, nunca haja “vencidos”, mas sempre “irmãos.”

Amém.

Recebi essa oração (não conheço a autoria).
Ofereço a todos os visitantes do blog.
Um beijinho,
Ivanise:)

Brincar na Escola

Brincar na escola
~~~~~~~~~~~~~
Para Lino de Macedo, o brincar aparece estruturado basicamente em três modalidades:
Jogo de exercício - movida pelo prazer, através da repetição, a criança tem como conseqüência a formação de hábitos, tornando-se fonte de significados, ou seja, de compreensão das ações. É a matriz da regularidade. Possibilita as assimilações que integram o homem ao meio. É a principal forma de aprendizagem no primeiro ano de vida. Possibilita que a criança conheça as coisas por si mesma. A estrutura do jogo de exercício faz parte fundamental das outras estruturas dos jogos. São a base do COMO das coisas.
Símbolo - caracteriza-se pelo fato de a criança considerar, "A" por "B", o conteúdo que assimilou através do jogo de exercício. A assimilação é deformante - a criança assimila como pode ou deseja. A criança se torna produtora de linguagens, criadora de convenções, firma vínculo entre as coisas e suas possíveis representações, possibilita a compreensão de convenções arbitrárias. São um prelúdio das futuras teorizações da criança. É a base do PORQUÊ das coisas.
Jogo de regra - Herda as características do jogo de exercício, pela regularidade das jogadas e do jogo simbólico, devido aos combinados arbitrários. Inaugura a assimilação recíproca por seu caráter coletivo, cuja regularidade é intencionalmente consentida, e pela busca de convenções em comum. Integra o COMO e o PORQUÊ das coisas.
Qualquer objeto colocado à disposição das crianças (brinquedos, jogos de construção, sucata, elementos da natureza, objetos do uso cotidiano do mundo adulto, tabuleiros, dados, etc.), permite que elas utilizem-no em uma ou mais dessas modalidades, ou seja, no jogo de exercício, simbólico ou regra, de acordo com suas capacidades, necessidades ou desejos.
Cabe aos profissionais de educação garantirem o espaço, o tempo e as condições para que as brincadeiras aconteçam na escola na sua essência e diversidade. A participação do educador deve orientar-se pela observação, registro e reflexão com objetivo de encontrar formas de intervenção que, mantendo a essência do brincar, tornem possível a construção de novas aprendizagens.


Bibliografia:
CAMARGO, Fatima. A importância do Brincar para o Desenvolvimento Infantil.
MACEDO, Lino de. A importância dos jogos de regras para a construção do conhecimento na escola.Universidade de São Paulo/Instituto de Psicologia/Laboratório de Psicopedagogia.

27 de jun de 2008

Movimento: Jogos para dias de chuva

´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´
Jogos para dias de chuva
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´
Fonte bibliográfica (adaptação):
Educação Física no cotidiano escolar,
Solange Valadares e Rogéria Araújo, Editora Fapi.
♥♥♥♥♥
1. O QUE NÃO COMBINA?
♥ Formação: Na sala de aula, o professor fará uma rodinha, com os alunos sentados.
♥ Desenvolvimento: O professor conversa com as crianças e explica que falará quatro coisas para que elas descubram uma que não combina.
Exemplos:
- boneca, bola, botão, peteca.
- sapato, tênis, bota, sabão.
- violeta, margarida, batata, rosa.
**********
2. MEU ESPELHO
♥ Formação: em duplas.
♥ Desenvolvimento: O professor explica que uma das crianças será o espelho do outro (a que imitará os gestos), isto é, todo gesto que um fizer, seu par deverá imitá-lo. O professor dá um sinal de início para começar a brincadeira. Sugestão: use música instrumental com ritmos variados para deixar a brincadeira mais divertida. Depois, o professor pedirá para que as crianças troquem os papéis.
***********
3. PROCURAR OS PARCEIROS
♥ Formação: as crianças ficarão espalhadas na sala.
♥ Desenvolvimento: O professor seleciona diversas gravuras (colar em cartolina) e recorta-as de forma que formem vários quebra-cabeças. No verso das peças de cada um dos quebra-cabeças, o professor utiliza um sinal (ou número) para marcar; observando que cada quebra-cabeça deverá ter um sinal diferente. Misturar as peças e distribuir uma para cada criança. Ao dar um sinal, as crianças observarão o sinal atrás de sua peça e deverão procurar os colegas que possuem as peças com o mesmo sinal, agrupando-se em algum espaço pela sala. As crianças deverão montar o quebra-cabeça.
Sugestão: use música instrumental como "marcadora" do tempo da atividade.
**********
4. O BARQUINHO
♥ Formação: crianças em roda ou em seus lugares. Precisa de um barquinho de papel.
♥ Desenvolvimento: O professor explica a brincadeira que consiste em repetir uma frase completando-a de acordo com o combinado: - " Lá vai o barquinho carregado de ...". Exemplo: frutas, flores, animais, etc.
A criança que recebe o barquinho, repete a frase acrescentando no final a "carga" que foi combinada (de acordo com a categoria estabelecida) e passa para o colega ao lado. E assim, sucessivamente, passando o barquinho de criança para criança, até que se esgote o que levar no barquinho.
***********
5. O BARBANTE MALUCO
♥ Formação: duas equipes de crianças em fila. Dois rolos de barbante.
♥ Desenvolvimento: Explicar a brincadeira antes. Ao sinal do professor, a primeira criança de cada equipe, passará o barbante pela sua cintura, dando três voltas, e entregará o rolo ao colega de trás, que fará o mesmo, e assim por diante, até chegar à última criança da equipe.
Quando a última terminar, começará a deserolar o barbante da cintura, enrolando-o outra vez no rolo, e assim sucessivamente, até chegar de novo na primeira criança. Será vencedora a equipe que apresentar ao professor o rolo de barbante novamente enrolado.
***********
6. ADIVINHE O OBJETO
♥ Formação: As crianças em roda ou em seus lugares.
♥ Desenvolvimento: Uma das crianças fica do lado de fora da sala. O professor combina com as crianças qual OBJETO da sala que o colega deverá descobrir. Após combinarem, o professor pede à criança que volte e lhe diz que, após fazer perguntas aos colegas, deverá tentar descobrir qual foi o objeto escolhido pela turma.
Só poderão ser feitas perguntas como:
- Ele é grande ou pequeno?
- É pesado ou leve?
- Qual é sua cor?
- É de algum colega da sala?
- É comprido ou curto?
Depois das respostas, a criança poderá fazer três tentativas de acerto. Se conseguir acertar, poderá escolher seu substituto; caso contrário, deverá pagar uma prenda (fazer uma imitação, cantar, etc). A brincadeira é reiniciada com a escolha de outro objeto.
***********
7. BARRACA DE FRUTAS
♥ Formação: crianças à vontade na sala, sentadas, se possível em roda.
♥ Desenvolvimento: Cada criança receberá um número (prender na roupa de forma que todos possam ver o número). Uma criança inicia a brincadeira dizendo:
" - Vendo frutas e tenho 12 maçãs na minha barraca."
A criança que tem o número 12 levanta-se e responde:
" - Engana-se, senhor, há 9 maçãs (ou outro número) em sua barraca."
Será a vez da criança com o número 9 ficar de pé e repetir a frase, falando outro número.
E assim por diante, até que todas tenham participado. A última criança a falar deverá dizer:
"- Senhor, não há mais maçãs em sua barraca."
Os números não poderão ser repetidos. Por isso, as crianças deverão ficar atentas!!!
***********
8. O CHAPÉU DO MANOEL
♥ Formação: As crianças ficam sentadas em rado, no centro da roda fica o professor.
♥ Desenvolvimento: Explicar as regras antes do jogo. A criança não poderá rir e nem falar, somente negar, balançando a cabeça, e apontar para outro colega.
O professor diz às crianças:
"- O senhor Manoel perdeu seu chapéu. Ele disse que uma criança achou e escondeu em sua casa. O senhor Manoel não sabe quem foi, mas eu estou achando que foi (diz o nome de uma criança)", e aponta para a criança na rodinha.
A criança não poderá rir, nem falar, somente negar (balançando a cabeça) e aponta para outro colega. O colega, por sua vez, deverá ter a mesma reação, e assim por diante.
A primeira criança que rir, ou falar, ou demorar a responder com a cabeça, pagará uma prenda, ou esperará a próxima rodada.
***********
Organizado por Ivanise Meyer®

22 de jun de 2008

Presente da Drica

Obrigada, Drica!
~~~~~~~~~~~~~~
Neste mundo virtual, encontramos tanta gente...
Através da internet fiz amizades e
conheci pessoas de vários lugares com trabalhos maravilhosos.
Uma dessas pessoas especiais é a Drica.
Através de nossa comunicação entre os blogs, via e-mail,
descobrimos uma bela amizade.
Num momento especial de minha vida,
chega à casa um presente vindo lá de Minas...
Uma margarida e uma borboleta...
Certa vez, numa dinâmica da escola,
perguntaram que animal e planta gostaria de ser.
Respondi que se fosse um animal, seria uma borboleta e
se fosse uma planta, uma margarida.
Pensando bem, em muitos dos meus desenhos,
esses seres sempre apareceram...
Coincidência? Tem as mãos de Deus nessa história...
A borboleta me lembra o renascer,
a margarida me lembra o calor do Sol.
♥♥♥
Drica
seu presente aqueceu meu ♥
e tornou meu dia mais florido!!!
Mil beijinhos,
minha SUPERBLOGamiga,
que para minha grata surpresa,
é VIRGINIANA como eu!

Minhas amiguinhas no sofá aqui da sala...
Essa produção da Drica é inspirada na história
"A Margarida Friorenta".
Quem quiser conhecer, dá um pulinho no blog dela
(a história está lá):
http://www.contarerecontarparaencantar.blogspot.com/



Obrigada, lindinha!
Amei!!!
Ivanise :)

Sugestão para Professores

Letra e Vida
~~~~~~~~~~
Neste endereço (site) você terá acesso ao material produzido pelo
curso LETRA E VIDA (São Paulo).
Você clica para fazer o download (no programa Adobe) e
depois poderá salvar para o seu computador.
♥♥♥
Vale à pena conhecer!
Beijinhos,
Ivanise :)

17 de jun de 2008

Festa Junina: história

"Papelzinho mágico"
^^^^^^^^^^^^^^

PAPELZINHO MÁGICO (dramatização)

1. Nasci em uma grande fábrica e fui empacotado com muitos outros iguaizinhos a mim. Todos do mesmo tamanho, da mesma cor e fininhos. Um dia fomos separados e, depois, arrumados em outros conjuntos parecidos mas que tinham cores diferentes: azul, vermelho, verde...
2. Depois, o meu pacote chegou a uma loja e todos nós fomos colocados em prateleiras. Quanta coisa nova eu conheci então! Chapéus, brinquedos, balas... e um mundo de gente que ia comprar coisas. As balas saíam, lápis, pincéis, brinquedos também. Até todos os outros que haviam chegado comigo. Eu fui ficando na prateleira. Fui ficando triste. Ninguém me queria. O jeito era dormir e esquecer as tristezas.
3. Mas um dia entrou um menino na loja. Fechei os olhos e continuei a dormir. Com certeza não era a mim que ele ia querer...
Em todo caso, abri um olho e vi que o menininho apontou para a prateleira onde eu estava. Será que desta vez vou ser escolhido?
Fechei bem fechados os meus olhinhos e fingi que dormia, que não sabia de nada!
4. Ora! Era a mim que ele queria! E lá fui eu muito contente carregado pelo menininho. Ele ia falando sozinho: “Minha professora vai gostar. Consegui uma cor diferente.”
5. E o menino me levou até a escola. Havia tantas crianças naquela escola! E quantas folhas de papel parecidas comigo! Cada criança havia trazido uma cor diferente, mas não havia nenhuma igual a minha. E logo começaram a trabalhar: pega tesoura, corta aqui, corta ali e... de repente... estava transformado em uma porção de bandeirinhas!
6. Pegaram a cola. E cada criança, pegando uma das minhas bandeirinhas, ia colando num barbante. Minha cor foi aparecendo em todas as fileiras... Que beleza estava a sala com todas aquelas bandeirinhas de cores diferentes penduradas nos barbantes.
7. No dia seguinte, crianças e professores levaram todos os cordões para o terreiro que haviam arrumado no pátio da escola. E pendura daqui, puxa de lá, prende acolá e o arraial estava todo enfeitado.
8. Ah!... Descobri porque demorei na loja. É que só agora precisaram de minha cor para enfeitar mais a festa de São João!


Da Coordenadoria de Educação Pré-escolar (Rio de Janeiro/ década de 70-80)

Sugestão: eu contei essa história usando folhas de papel de seda (papel fininho das bandeirinhas). Fui dramatizando o texto, até que a tesoura cortou uma série de bandeirinhas (parte 5).

13 de jun de 2008

Movimento

Sugestões de Jogos
~~~~~~~~~~~~~~
Retirados do livro
150 propostas de atividades motoras para a Educação Infantil,
de Teresa Godall e Anna Hospital, ed. Artmed.
1 . ERA UMA VEZ

♥ Objetivos: Combinar e improvisar posturas corporais; dar-se conta da própria imagem e expressão em posições estáticas; manter uma postura expressiva durante alguns instantes; memorizar a reprodução de expressões e emoções.
♥ Desenvolvimento: O espaço será separado em 2 zonas representando 2 cidades vizinhas. As crianças ficarão livremente espalhadas no espaço.
A narrativa da história previamente preparada pela professora será o fio condutor. Por exemplo: "Era uma vez uma bruxa malvada que transformava as crianças em ratos, pedras, papagaios, sapos, etc. Quando ela dormia, as crianças aproveitavam para fugir da cidade como pudessem, sendo que, ao chegar na outra cidade, estavam salvas. Ao acordar, a bruxa as perseguia e enfeitiçava novamente." Após brincarem durante várias aulas, as próprias crianças farão o papel da bruxa.
♥ Outras propostas: as histórias podem variar, assim como as propostas ou ações que as crianças deverão exercer.


2 . OLHO COM OLHO


♥ Objetivos: Estimular a relação e a comunicação entre o grupo; identificar e sensibilizar diferentes partes do corpo; descobrir formas de sentir o contato com o outro; controlar e estar atento ao fazer contato com os outros.
♥ Desenvolvimento: precisa de um pandeiro. Todo grupo ficará bem espalhado pelo espaço. Todos marcharão pelo espaço seguindo o ritmo marcado pelo pandeiro. ao sinal previamente combinado, será indicada a parte do corpo com a qual as crianças devem estabelecer contato entre si, por exemplo: pé com pé, mão com mão, orelha com orelha, etc.
♥ Avaliação: obeservar a rapidez e a habilidade para executar a a tividade. Avaliar o grau de atenção e de dispersão que manifestam.

3 . RODA DA FORTUNA


♥ Objetivos: reagir diante de mudanças de sentido; memorizar e automatizar passes e recepções de bola à curta distância; manter um movimento sem deslocamentos.
♥ Desenvolvimento: Bolas e cartões coloridos (ou adesivos). Cada criança usará um adesivo colorido e formarão uma roda (grupos de 7 a 8 crianças). Fazer com que as cores fiquem distribuídas formando uma série: azul, vermelho, amarelo... Cada grupo receberá uma bola.
A atividade consiste em que cada grupo vá passando a bola na mesma direção e, ao sinal, deixem a bola parada nas mãos da criança que a recebeu. Para dar emoção ao jogo, conforme a cor do adesivo, o grupo obterá 1 ponto ou 2, ou perderá os pontos. Pode-se combinar até que total será jogado.


4. MAQUINISTA DO TREM


♥ Objetivos: Experimentar giros, mudanças de sentido e de direção; coordenar deslocamentos próprios com os do grupo; ter a capacidade de dirigir e de acompanhar os outros; aprender a mudar de papel com a rapidez de um estímulo.
♥ Desenvolvimento: pandeiro (material). Formam-se grupos de 5 ou 6 crianças. Com uma criança atrás da outra, cada grupo simula ser um trem, com um maquinista na frente.
Cada trem se deslocará por todo o espaço, livremente, acompanhando o ritmo marcado pelo pandeiro. O adulto anunciará mudanças de direção, indicando quando girar para um lado ou para o outro, quando andar reto para frente ou para trás, etc. Ao sinal "mudança de maquinista!", o trem girará sobre si próprio e haverá uma mudança de sentido na direção do trem. O último vagão passará a ser o maquinista.

5 . O BALÃO NÃO PODE CAIR...


♥ Objetivos: reforçar o equilíbrio com diferntes pontos de apoio do corpo; adequar as posturas para bater; sincronizar o movimento de queda do balão com o movimento de coordenação óculo-segmentária (bater no balão com alguma parte do corpo).
♥ Desenvolvimento: Encher balões coloridos (bexigas de borracha). As crianças se colocarão livremente no espaço, de forma que uma não interfira na atividade da outra. Se quiser, pode usar uma música para alegrar a atividade.
Com um balão na mão, cada criança experimenta movimentá-lo batendo de diferentes maneiras e com maior número de partes do corpo, tentando evitar que ele encoste no chão. Cada um deve prestar atenção em seu balão, sem bater nos outros.



Organizado por Ivanise Meyer®

Campanha da Amizade (junho)

Obrigada, queridas!!!
Amei o selinho!
♥ ♥ ♥
CAMPANHA DA AMIZADE DO MÊS DE JUNHO.
Você que tem uma amiga muito querida e gostaria de homenageá-la, participe dessa campanha que é uma forma muito especial de conhecer, ser conhecida e de presentear os blogs amigos que sempre visitam o seu cantinho. Propague essa onda de amizade e participe você também.
♥♥♥♥♥♥♥

INSTRUÇÕES
Pegue o selo no Gospel Gifs http://gospel-gifs.zip.net, nomeie 10 blogs amigos e visite cada um deles avisando da nomeação.
Se você foi nomeado por alguém, passe adiante e visite os outros nove blogs que foram nomeados junto com você.
Ao repassar a campanha, pode copiar o texto acima ou criar o seu próprio texto. O importante é não esquecer de avisar onde se encontra o selo e de nomear os seus 10 blogs amigos.
RECEBI O SELINHO DAS AMIGAS:
♥ ♥ ♥
ENVIO O SELINHO PARA...
MINHAS AMIGAS
QUE ESTÃO AQUI NO LADO ESQUERDO DO BLOG
(O LADO DO CORAÇÃO)
Todos esses blogs JUNTOS formam uma rede de educadoras comprometidas com a educação. Cada uma de nós oferece seu tempo "vago" para postar novidades, sugestões, dicas e tantas coisas úteis ao nosso dia-a-dia.
Cada visita que faço a esses blogs me surpreende pela criatividade, dedicação e amor ao que se faz.
Mesmo postar digitalizações "dá trabalho", demanda tempo e paciência.
Cada uma de nós possui um LUGAR na blogsfera.
Lembre-se:
"O mundo tem 6 bilhões de pessoas, e tem lugar para todo mundo."
♥ ♥ ♥
Beijinhos,
Ivanise :)

11 de jun de 2008

Ciências: Dia do Meio Ambiente (continuação)

"Lugares bonitos do planeta Terra"
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Nessa semana continuamos a atividade sobre o planeta Terra.
Ouvindo as mesmas músicas da sensibilização (ver atividade anterior), propus que eles pensassem em lugares bonitos do planeta Terra.
A proposta era desenhar esse "lugar".
Usando nanquim preto e um cotonete, as crianças desenharam em papel craft (pode ser o papel pardo) seus lugares bonitos... Foram aparecendo praias, florestas, morros, praças, casas...
No outro dia, pintaram usando lápis cera (essas fotos são da etapa da pintura).


Os desenhos ficaram lindos!
Ainda existem muitos lugares bonitos no planeta Terra!
Esse planeta, que é a nossa "casa" no Universo,
é de todos nós,
e aí está a nossa responsabilidade.
Desenvolver essa "consciência planetária",
o sentido da vida coletiva,
é a chave para dias melhores no futuro.

Organizado por Ivanise Meyer®

8 de jun de 2008

Aniversário do Báu de Idéias - 1 aninho

7 de julho
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
Em julho o Baú de Idéias fará 1 aninho!
Quem ganhará o presente será VOCÊ que visita este espaço feito com carinho.
Enviarei apostilas via e-mail para todos que participarem.

Durante o mês de junho, arquivarei os e-mails recebidos.

Enviarei uma resposta confirmando seu número de inscrição.

A promoção encerrará dia 30 de JUNHO de 2008.

Recebi um total de 233 e-mails com recadinhos e muito carinho de todos.


Os brindes serão enviados em julho via e-mail.

Esse blog começou no dia 7/7/2007 no Orolix, depois passei para o Blogger, em janeiro tive que refazer tudo de novo (lembram?).

Essa aventura pelo mundo virtual fará 1 ano!

Conheci tanta gente legal nos comentários, recadinhos do mural e e-mails.

Agradeço de coração por tudo!!!

♥♥♥
Tirei a idéia da promoção de aniversário do BioBlog da amiga Karlla Patrícia. Achei muito legal!!!

7 de jun de 2008

Matemática 17: Sugestões de Jogos

Sugestões de Jogos
~~~~~~~~~~~~~~~
Matemática
~~~~~~~~~~~~~~~

1. Barata Assustada
♥ Conteúdo: espaço e forma - direção e sentido.
♥ Regras: Os participantes se organizam em círculo. Um deles recebe uma boa. Ao sinal, a bola deve ser passada rapidamente para o participante mais próximo, um por um. Quem estiver no comando bate palamas. Então o jogador de posse da bola deve inverter imediatamente o sentido. Se não prestar atenção ou não escutar o sinal e continuar passando a bola no mesmo sentido, sairá do jogo.
♥ Objetivo: permanecer no jogo até restarem somente dois participantes.

2. Elefantinho Colorido
♥ Conteúdo: correspondência.
♥ Regras: Um dos participantes é escolhido para dizer: "efefantinho colorido!". Os outros perguntam: "de que cor?". Então ele escolhe uma cor e fala rapidamente. Os jogadores precisam correr e tocar em alguma coisa da cor escolhida.
♥ Objetivo: Encontrar mais vezes as cores pedidas.


3. Travessia da floresta
♥ Conteúdo: Espaço e forma - dentro e fora.
♥ Regras: desenhar no chão um retângulo grande (será a floresta). Dentro ficam 3 participantes, os pegadores. Os outros ficam fora. Ao sinal, os jogadores que estão fora do retângulo tentam atravessá-lo sem serem pegos. Quem for pego, passa a ser mais um pegador.
♥ Objetivo: não ser pego até o final da partida.

4. Acorda, senhor urso!
♥ Conteúdo: números - muito e pouco
♥ Regras: O urso (uma criança) está dormindo e uns amigos vão acordá-lo, dizendo: "acorda, senhor urso!" Ele leva um susto tão grande, que sai correndo atrás de quem o acordou. Se o participante for pego, ficará preso na toca do urso.
♥ Objetivo: contar quantos participantes o urso consguiu prender em sua toca.


5. Fogo na fruta
♥ Conteúdo: números - contagem
♥ Regras: O participante escolhido deve pensar em uma fruta e anunciar suas características de acordo com a cor e forma. Os outros vão dizendo nomes de frutas. Quando alguém acertar o nome da fruta, o participante deverá gritar: "fogo na fruta!". Então, quem tiver acertado a fruta conta até dez e sai correndo para pegar os outros jogadores.
♥ Objetivo: não ser pego.

6. Jogo das contas
♥ Conteúdo: grandezas e medidas - tempo
♥ Regras: cada participante recebe um pedaço de barbante e um punhado de macarrão (aquele que tem um furo no meio). Ao sinal, os jogadores terão um minuto para colocar as "contas" no barbante.
♥ Objetivo: Encaixar o maior número de contas no barbante.

Essas sugestões foram retiradas do livro Brincar, jogar, cantar e contar de Theodora Maria Mendes de Almeida (org), editora Caramelo. Esse livro tem cerca de 77 jogos para crianças (Educação Infantil e Séries Iniciais) com conteúdos a serem explorados na Matemática.


Organizado por Ivanise Meyer®

5 de jun de 2008

Ciências: Dia do Meio Ambiente

" Dia do Meio Ambiente "
~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Coloquei uma música instrumental com barulhinho de ondas...
♥♥♥
Fechamos os olhos e fui falando que estávamos numa praia, mergulhando, sentindo a energia das ondas, o sabor da água, vendo o fundo do mar... Depois saimos e visitamos uma floresta, sentimos a terra, o ar fresquinho, as plantas e os animais...
Lentamente, voltamos do relaxamento...
♥♥♥
Na segunda etapa, disse que trouxera um poema sobre a data de hoje (dia do meio ambiente) chamado "Cuidando da Natureza". Eles leram sozinhos (leitura "quase" silensiosa), depois lemos verso por verso (cada criança leu um verso), li sozinha e lemos em coro.
♥♥♥
A produção de texto foi:
" O que você pode fazer para ajudar nosso planeta a continuar bonito? "
♥♥♥
Depois partimos para a pintura do desenho usando um mapa para perceber os oceanos (em azul) e os continentes.
♥♥♥
Foi um dia bem legal!
Parabéns, turminha!
Ivanise :)

1 de jun de 2008

Ciências: Meio Ambiente

5 de junho
Dia da Ecologia e
do Meio Ambiente


Carta ao inquilino
Senhor morador,
Gostaria de informar que o contrato de aluguel que acordamos há muitos anos atrás está vencendo. Precisamos renová-lo, porém temos que acertar alguns pontos fundamentais:
1 - Você precisa pagar a conta de energia. Está muito alta! Como você gasta tanto?
2 - Antes eu fornecia água em abundância; hoje não disponho mais desta quantidade. Precisamos renegociar o uso.
3 - Por que alguns na casa comem o suficiente e outros estão morrendo de fome, se o quintal é tão grande? Se cuidar da terra vai ter alimento para todos!
4 - Você cortou as árvores que dão sombra, ar e equilíbrio. O Sol está quente e o calor aumentou. Você precisa replantar novamente!
5 - Todos os bichos e as plantas do imenso jardim devem ser cuidados e preservados. Procurei alguns animais e não encontrei. Sei que quando aluguei a casa eles existiam...
6 - Não vi muitos peixes que moram nos rios e lagos. Você pescou todos? Onde estão?
7 - Precisa verificar que cores estranhas estão no céu! Não vejo o azul!
8 - Por falar em lixo, que sujeira!!! Encontrei objetos estranhos pelo caminho... isopor, pneus, plásticos...

Bom... é hora de conversarmos. Preciso saber se você ainda quer morar aqui. Caso afirmativo, o que você pode fazer para cumprir o contrato?
Gostaria de ter você sempre comigo, mas tudo tem um limite.
Você pode mudar? Aguardo respostas e atitudes...
Sua casa,
A TERRA.
♥♥♥
Bem, como também sou professora de Ciências, ao ler esse texto (não tenho a autoria), fiz algumas "correções", mas é isso mesmo... Se a Terra nos cobrasse pela destruição que temos feito no ambiente, a carta seria mais ou menos assim...
Eu não costumo trabalhar com todos os "dias" ou datas comemorativas, embora tenha um mural na sala para informar das mesmas.
Falar da Terra, das suas maravilhas, e do que as pessoas fazem em seu cotidiano, deveria levar à mudança de atitudes. Há anos e anos falamos nisso, a quantidade de lixo produzido não diminui, a poluição está cada vez maior, por mais que se fale, que apareça na televisão e nos jornais...
Por que?
Porque não nos sentimos PARTE da natureza,
nos sentinos superiores aos outros seres vivos que partilham conosco desta mesma morada, a Terra.
Mesmo tirando da Terra todo nosso sustento (alimento), a água que bebemos e o ar que respiramos, falta muito para desenvolver uma consciência planetária, ou seja, perceber que ESTE é o único planeta que temos para viver no Sistema Solar.
O que trabalhar no dia do meio ambiente?
Uma música, um texto, uma vivência...
O que trabalhar todos os dias?
O amor à natureza e aos elementos da Terra:
ÁGUA, AR e SOLO.
Só quem ama, respeita.
Só quem ama, preserva.
Só quem ama, se vê como parte de um todo.
Meu corpo toma tantos nutrientes "emprestados" de outros corpos que me servem de alimento... Usa a água e o ar para se manter vivo... Mas um dia, como num ciclo sem fim, ele devolverá à Terra todo material que o compôs...
E a vida continuará, os materiais farão parte de outros seres vivos, este é o maravilhoso milagre da VIDA que este planeta proporciona a todos os seres que nele habitam...
Há milhares de anos.
Ivanise Meyer
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...