24 de mar de 2011

Plaquinhas para Porta

Plaquinhas para Porta
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Este ano criei novas plaquinhas para as portas da escola.

♥ Materiais: EVA, botões decorados, olhos móveis, cola quente, régua, tesoura e estilete. Palavras: cartolina, impressora e contact.
♥ Como fazer: cortar a base (21 X 28 cm). Dica para ficar "reto", use um molde em cartolina e corte em volta. Não meça no EVA porque ele é irregular. Para cortar reto, eu uso estilete e régua.
As tiras (em cima e embaixo) têm 2 cm de largura.
A palavra foi impressa em cartolina e plastificada (pode usar Contact).
Dispor os bonecos e o texto ANTES de colar.


 As imagens utilizadas para escrever o nome de cada sala
estão no meu álbum Picasa.

Veja os detalhes:
Clique nas imagens para ampliar.













Veja aqui outras plaquinhas que já fiz.

Organizado por Ivanise Meyer®

19 de mar de 2011

1 minuto de silêncio pelo Japão

Um minuto de silêncio
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Que cada um de nós faça seu "minuto de silêncio" pelas vítimas dos desastres naturais ocorridos no Japão.
Neste minuto façamos nossas orações pelos que se foram e pelos que terão que reconstruir o país.
Neste minuto oremos pelos heróis anônimos salvam vidas.
Neste minuto oremos pelas famílias japonesas, que mesmo na adversidade, são exemplos de força, tolerância e educação.


A Lenda do Tsuru

O Tsuru é um dos animais que simbolizam a mocidade eterna e felicidade da Ásia.
Diz-se que ela vive 1000 anos. São, possivelmente, os pássaros mais velhos da Terra.
Era considerado o pássaro companheiro dos eremitas que faziam meditação nas montanhas. Como esses eram eremitas místicos, que supunham terem poderes sobrenaturais para não envelhecer, o tsuru, passou a ser considerado um pássaro possuidor de vida longa.
É uma das aves mais conhecidas do Oriente, perdendo apenas para a Fênix, a ave que renasce das cinzas.
A cegonha é considerada a mãe de todas as aves e representa o canal entre o mundo dos vivos e dos mortos.
Algumas vezes a imagem do tsuru é colocada em caixões, para que a alma do morto seja levada para o céu em suas costas.
Como um símbolo de longevidade, os japoneses costumam presentear os amigos com uma dobradura de papel (origami) em forma de Tsuru.
Dizem que se você conseguir dobrar mil tsurus (enquanto mentaliza um desejo), este desejo será realizado !!!

Fonte: http://thousandsoftsuru.wordpress.com/about/

Mil tsurus

Aprendi a dobrar o tsuru em 1992
em uma oficina de Origami.
Também foi a primeira vez que ouvi a lenda do tsuru.
Pensei:
- Dobrar 1.000 tsurus deve demorar muito!!!
No dia seguinte, ensinei a uma colega a dobrar o pássaro e contei a lenda para ela.
Neste momento, percebi que ao ensinar a dobra do tsuru
estava multiplicando os meus,
que quanto mais ensinasse
rapidamente chegaria aos mil tsurus...

Se cada um de nós dobrar um tsuru, mentalizando bons desejos para o povo japonês,
em breve teremos os "mil tsurus"...
Já comecei a dobrar o tsuru em meu um minuto de silêncio e oração.
Deixei uma indicação de vídeo e os esquemas
Organizado por Ivanise Meyer

8 de mar de 2011

Uso da tesoura

Uso da tesoura
na Educação Infantil
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Artigo de Ivanise Meyer

As tesouras utilizadas pelas crianças devem ter as pontas arredondadas, pois evitam que a criança  produza um furo na pele durante o corte. Porém, não devemos esquecer que a lâmina da tesoura é capaz de machucar uma criança que esteja utilizando inadequadamente este instrumento de corte.

Antes dos 4 anos, é desaconselhável o uso da tesoura para atividades de recorte. É necessário planejar atividades para desenvolver a coordenação motora fina que antecedem o uso da tesoura. Algumas sugestões:
Coordenação das Mãos (estimulação da movimentação das mãos, sem que o braço faça o mesmo, ficando apenas como em uma postura de "suporte"):
- Apertar e soltar (livremente e usando materiais);
- Bater palmas em diferentes ritmos e intensidades;
- Pintar com as mãos;
 - Rasgar e amassar papéis;
- Brincar com bolas de diferentes tamanhos;
- Modelagem: massa de modelar (plastilina), areia molhada, argila, massa de farinha.
- Tocar instrumentos da bandinha rítmica.

Conquistada a coordenação das mãos, a criança passa ter um melhor desempenho nas atividades que exigem movimentos diferenciados dos dedos:
- Brincar com os dedos: estalar, entrelaçar, brincar de "tocar piano";
- Músicas que usem os dedos (nomeando ou movimentando os dedos);
- Rasgar papéis com as pontas dos dedos;
- Enfiar em barbante: macarrão (cru), canudinho (pedaços), rolinhos de papel, contas;
- Dobraduras (origami);
- Alinhavos;
- Recorte usando os dedos.

Fases do Recorte e Colagem

- Antes dos 4 anos a criança deve recortar os papéis com as mãos e colar à vontade. Conversar com a criança sobre o uso da cola (exemplos: não exagerar na quantidade de cola).

Nas produções de recorte e colagem podemos observar as seguintes fases:

- Fase celular: recorta e cola de qualquer maneira, sem intenção de formar cenas. Gosta de ter material variado. Nesta fase, a professora deverá intervir quanto ao uso correto da tesoura (cuidado para não cortar os dedos) e o uso da cola (controlar a quantidade utilizada). Ainda não nomeia suas produções.

- Fase das formas isoladas: não dá forma definida ao recorte, mistura muito o que recorta, mas já está enriquecendo sua experiência. Oferecer materiais variados para enriquecer a colagem: barbante, lã, canudinho, algodão, paetês, tecido, etc. Às vezes, consegue nomear suas produções.

- Fase da cena simples: a criança recorta tirinhas e cola para armar um esboço simples. Deixa quase sempre uma área vazia. É uma fase sem proporção. Já consegue nomear sua produção (exemplo: um barco).

- Fase da cena completa: a criança usa as tirinhas, geralmente faz a "linha de base" (o "chão" que aparece também em seu desenho), usa formas variadas para compor sua produção (recorta intencionalmente). Percebe-se uma cena. Nomeia e explica sua produção (exemplo: É um barco navegando no rio.).

Essas "fases" também podem ser observadas no desenho. Cabe ao professor, além do incentivo e de escolher os materiais necessários para cada fase, planejar atividades para que as crianças avancem. A criança não aprende sozinha, não cria no "vazio"... Ela precisa da intervenção do adulto, ou de outra criança mais experiente, para avançar em suas hipóteses e experiências. Leia mais em Produção Artística das Crianças.

O professor deve observar: como a criança segura a tesoura (o canhoto necessita de tesoura adaptada as suas necessidades), como manuseia o papel (ou outro material para corte) e como utiliza a cola, para fazer as intervenções necessárias, pois há técnicas que facilitam o uso dos materiais.

Nunca se ausentar do local onde as crianças estejam utilizando tesoura e cola. Ter atenção aos materiais que serão manuseados, exemplo: não oferecer botões e objetos que possam ser engolidos à criança que coloca qualquer coisa na boca. Se necessário, redigir um combinado do que "pode e não pode" fazer no recorte e colagem. Cuidado para que eles não cortem cabelos e roupas deles ou dos colegas.

Ao utilizar a tesoura, a criança desenvolve o uso bilateral das mãos: mão dominante corta e a outra dá suporte ao papel.

Para auxiliar o uso da tesoura, o professor deverá planejar atividades de recorte na qual a criança use a tesoura em movimento para frente (linhas retas), direção lateral da tesoura (esquerda / direita), corta figuras geométricas simples (quadrado, triângulo e círculo), corta figuras complexas e corta material que não seja papel (tecidos como o TNT são fáceis de cortar).

É difícil para uma criança visualizar o "contorno" de uma imagem colorida impressa (como nas revistas), ela acaba cortando algum pedaço... Para começar, eu contorno com caneta hidrocor (linha grossa) a figura desejada e explico à criança que ela cortará o contorno. Veja no exemplo:

Ao cortar seguindo o contorno, a criança perceberá os detalhes sem se preocupar em cortar o rabo ou as orelhas do cachorro. Aos poucos, a criança não necessitará deste contorno.

Outro modelo que gosto de usar é o do "boneco" (a linha grossa facilita o corte para a criança):
Clique para ampliar.

Falando em tesoura... Sugiro a história "Clact... Clact... Clact..." de Liliana Iacocca e Michele Iacocca, editora Ática. Será que essa tesoura tem um parafuso a menos na cabeça? Doidinha da silva, ela fica picotando os papéis, sem nunca se dar por satisfeita!
Outra sugestão: recortar figuras em revistas (não mais utilizadas), colar em papel branco e compor cena usando lápis cera, lápis de cor ou caneta hidrocor. Em rostos grandes, separe olhos, boca, nariz, orelhas e componha novos rostos em um papel.
Há "papéis de presente" que trazem figuras boas para utilizar no recorte e colagem.

Tipos de tesoura:

Tesoura sem ponta

Tesoura para canhoto
Tesoura adaptada
Organizado por Ivanise Meyer®

Parabéns, Mulheres!

Parabéns a todas as Visitantes!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Hoje no Dia Internacional da Mulher
quero homenagear educadoras que
se destacaram na história da Educação.

Maria Montessori
(1870-1952)
.................................
Nascida na Itália, chegou à pedagogia por caminhos indiretos. Primeira mulher de seu país a doutorar-se me medicina, seus múltiplos interesses levaram-na a estudos diversos. Dedicou-se inicialmente às crianças deficientes. Em 1909 ela publicou os princípios básicos de seu método.
Para saber mais clique aqui.

Emilia Ferreiro
............................
Emilia Ferreiro nasceu na Argentina em 1936. Doutorou-se na Universidade de Genebra, sob orientação do biólogo Jean Piaget, cujo trabalho de epistemologia genética ela continuou, estudando e aprofundando-se em um assunto que Piaget não explorou: a escrita.
A partir do ano de 1974, Ferreiro desenvolveu na Universidade de Buenos Aires uma série de experimentos com crianças, a qual expôs as conclusões do estudo na obra Psicogênese da Língua Escrita, juntamente com a pedagoga Ana Teberosky (foto abaixo).
Gostaria de homenagear as educadoras brasileiras
e de outros países que me influenciaram neste anos de estudo,
mas a postagem ficaria enorme!!!
Tive uma ideia: a cada mês, como homenagem,
farei um breve resumo da biografia e obras
dessas mulheres essenciais na minha vida de estudante e professora.
Um beijinho para todas as mulheres
por este dia escolhido especialmente para NÓS!
Ivanise

7 de mar de 2011

Selinhos 2011

Selinhos 2011
~~~~~~~~~~~~~~
Da blogamiga Josi (Aprendendo se Educa)
♥
Da blogamiga Krika (Pensar e Agir)
Da blogamiga Vanessa (Transformando Vidas)
Da blogamiga Vanessa (professorinha Vanessa)

Da blogamiga Josandra (Professorinha Muito Maluquinha)
http://professorinhamuitomaluquinha.blogspot.com/

Da blogamiga Cassia Regina (Eu adoro Educação Infantil):

http://euadoroeducacaoinfantil.blogspot.com/


Da blogamiga Silene (Arte da Aprendizagem)

Da blogamiga Eleúzia
http://varaldeatividades.blogspot.com/  (Varal de Atividades)

Da blogamiga Jessy (Oras Bolotas)
Obrigada a todas as blogamigas
pelo carinho da indicação!
Um beijinho,
Ivanise

Sugestões de Músicas Infantis

Músicas Infantis
~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Sugestões de músicas infantis para ouvir, cantar, dançar com as crianças. Sou colecionadora de música tradicional infantil e estou sempre garimpando por aí...
Também gosto de compositores como: Bia Bedran, Vinicius de Moraes, Toquinho, Zé Zuca, Hélio Ziskind, Maria Mazzetti, e tantas outras “pérolas” da música infantil brasileira.

1. OLÁ
Do Grupo Olá. Sou fã (mesmo) há muitos anos!!! São 21 músicas da Maria Mazzetti (1926-1974) musicadas pela Denise Mendonça. O primeiro LP foi lançado em 1980, foi um sucesso! As músicas são ótimas! Agora, o CD traz todas as músicas do LP, regravadas, porém com os mesmos arranjos da gravação original. Se quiser saber mais: http://www.institutotear.org.br/


2. COCORICÓ (Hélio Ziskind)
Com os maiores sucessos desta série premiada! Canções do Hélio Ziskind.
Veja de pertinho no site da Cultura Marcas (da TV Cultura)
http://www.culturamarcas.com.br/


3. BIA BEDRAN
O Melhor de Bia Bedran - Coletânea (14 músicas): A cigarra, Pato injuriado, O foguete, segredos, Dona Árvore, É bom cantar, O videotinha, Desengonçada, Pedalinho, O anel, O trem, Quintal, A história da coca, Estrelinha que reluz.

Coletânea de Músicas Infantis - Este CD traz as primeiras músicas da Bia em LP (87 e 91). Faixas: Angelus, capitão Gordon, Pedalinho, O trem, Água terra fogo e ar, Segredos, Marinheiros do barco a vapor, Bonita e redonda, O foguete, Fio de linha, O relógio da vovó, Traineira mágica, Dois irmãos, Quintal, O telefone, Ciranda do anel, Tudo azul.

BIA CANTA E CONTA 1 - Bia conta histórias usando a música com recurso. As crianças adoram! Faixas: Flor do Mamulengo, O menino que foi ao vento Norte, A raposa e a cegonha, A história da coca, A história de Tatê calanquê Catacan Quixilá Calanquê, Feliz aniversário Lua, O fazendeiro, Uma história sem fim.

BIA CANTA E CONTA 2 - Faixas: Quem canta um conto, O pescador, macaquinho, O sapato que miava, A sopa de pedra, Um problema chamado coiote, A nuvenzinha triste, A casa que Pedro fez, A Polegarina, A campo santo.

FAZER UM BEM - Faixas: Fazer um bem, A história do boi, O bem-te-vi e a sabiá, Sem balões, Cabeça de vento, Qual é a cor?, Os velhinhos, Carnaval no jardim, O tempo, O fogo, O grande navio, A criança e a guerra, Ano Novo.
Ver de pertinho: http://www.angelsrecords.com.br/ e http://www.biabedran.com.br/


4. MURUCUTUTU (Eugenio Tadeu e Miguel Queiroz)
Tadeu e Miguel são do Roda Pião (Minas Gerais). Repertório infantil: do Brasil (Borboletinha, Murucututu, Meu anjo, Balada do rei das sereias, Prato fundo, Ora bolas, pão pão pão, A velha a fiar, Lubisome, etc), Portugal (Olaré, ró-ró), França (Estampie), Inglaterra (Estampie)... É um CD p/ quem gosta de música folclórica infantil!!!
Ver: http://www.sonhosesons.com.br/catalogo/ind_infantil.htm


5. ESTICA...DOBRA... Grupo Curupaco
CD de cantigas e brincadeiras. Grupo Curupaco (Minas Gerais): (músicas folclóricas, parlendas, do grupo).
Ver de pertinho na Sonhos e Sons: http://www.sonhosesons.com.br/


6. ZÉ ZUCA
O que eu vejo da janela - As músicas do Zé Zuca são muito legais, divertidas e as crianças adoram! Neste CD as faixas são: a janela, seu rosto, jacaré na lagoa, a pulguinha, o grilinho, dona Chica, o sapo, o pericaco, o vai e vem, vida, meus filhos, de A a Zé, o rato, a hora do repouso.
Ver de pertinho: http://www.angelsrecords.com.br/ e http://www.zezuca.com.br/main_comprar.asp


7. PASSARIM O PALHAÇO CANTOR
Para quem gosta de música tradicional infantil, tem parlendas e o conto popular “a resposta está em nossas mãos”; também há músicas de autoria do RUBINHO DO VALE, ele é show!!! São 28 faixas.
Conheça de pertinho: http://www.sonhosesons.com.br/


8. PALAVRA CANTADA
Este selo traz CDs maravilhosos produzidos pelo Paulo Tatit e Sandra Peres, vale à pena conhecer, ouvir, cantar e brincar!
CDs: Canções de Brincar, Canções de Ninar, Cantigas de Roda, Pé com pé, Canções Curiosas, e outros sucessos no site: http://www.palavracantada.com.br/


9. HAMILTON CATETE
Balançando o esqueleto - As crianças adoram a Dança das Caveiras!!! Hamilton é compositor, psicólogo, professor e faz música para crianças há mais de 15 anos!
Outro CD dele (imperdível): EU QUERO A MINHA MÃE
Ver de pertinho: http://www.angelsrecords.com.br/


10. PALHAÇO FRAJOLA: TINDOLELÊ e REMELEXO
São dois CDs com as músicas cantadas pelo Palhaço Frajola (Minas Gerais). Vale à pena conhecer! http://www.sonhosesons.com.br/


11. VILLA-LOBOS & OS BRINQUEDOS DE RODA
Material riquíssimo! São 27 canções gravadas pelo Grupo de Percussão da UFMG & Coral Infantil da Fundação Clóvis Salgado. Ver na Livraria Cultura.


12. BARBATUQUES – CORPO DO SOM
Cd com 12 músicas produzidas a partir da percussão corporal. É uma experiência sonora maravilhosa!!! Ver de pertinho http://www.barbatuques.com.br/


13. PANDALELÊ
Cd de brinquedos cantados (Minas Gerais), com 24 faixas. Selo Palavra Cantada.


14. LENGA LA LENGA
Lenga la lenga apresenta canções da cultura popular brasileira, através de arranjos originais que reinventam brincadeiras utilizando jogos de mãos, jogos de copos e flauta doce. O livro e o CD trazem uma ideia de brinquedo musical para cada canção, favorecendo múltiplas formas de participação no fazer musical. Ver de pertinho: http://www.lengalalenga.com.br/


15. ARCA DE NOÉ (1 e 2)
São os poemas de Vinicius de Moraes musicados. Um clássico imperdível! Ver na Livraria Cultura.


As músicas antigas encontradas em discos de vinil estão disponíveis no blog Cantos e Encantos.

Organizado por Ivanise Meyer®

1 de mar de 2011

Projetos Escolares Creche

Compartilho esta alegria com vocês!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Revista
Projetos Escolares Creche
Saiu nesta edição (Ano 3 - n.º 15)
um artigo no qual participei com opiniões sobre
"Espaço para brincar"
 (Como organizar o ambiente da melhor maneira).

Agradeço à Editora On Line
pelo convite e
por promover a Educação Infantil
em suas publicações.
Organizado por Ivanise Meyer®
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...