4 de jun de 2016

Linguagem 47: Silabário "Condomínio Reino das Letras"

Silabário
"Reino das Letras"
~~~~~~~~~~~~~~~~~~
O "Condomínio Reino das Letras" foi inaugurado!!! No programa do dia 26/04/16, no curso para professores do 1.º ao 3.º ano da Rede Municipal do Rio de Janeiro, na Multirio, ouvi a Magda Soares (professora emérita da UFMG) falando sobre os conceitos de alfabetização e letramento. Eu já havia assistido esse mesmo programa em 2013, quando estava na Educação Infantil. Durante o vídeo, ela apresentou essas "casinhas" confeccionadas pelas professoras de uma prefeitura de Minas, onde Magda desenvolve um projeto bem bacana. Eram apenas duas fotos... Procurei muito na internet, mas não achei nenhuma foto ou referência às "casinhas". Então, consegui reproduzir as fotos a partir do vídeo. Ampliei, parecia que eram de feltro, e que as sílabas ficavam numa "bolsa" de plástico.
Medi o mural (o espaço disponível), algumas contas... Fiz um molde em cartolina e depois cortei as casinhas em EVA. Muitos recortes e cola quente depois, aí estão!!!

Panorâmica do "condomínio"

A lista de palavras com as vogais precisou ficar na parte de cima, pois não havia mais espaço...







Detalhe das sílabas (velcro com cola)

Materiais utilizados:
EVA (cores diversas), pistola de cola quente, caneta permanente (para os traços), sílabas impressas (3,5 X 3,5 cm) e plastificadas, velcro, régua e estilete.
Fiz uma peça (bitola) em cartolina grossa que serviu de guia para os cortes feitos com estilete. Nesta peça também marquei pontos para riscar a tabela.

Encaminhamento da Atividade
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Em março, eu contei a história "O Reino das Letras" para as crianças. No final da história, a fada diz às consoantes:
- Vocês não vão mais andar sozinhas! De agora em diante, vocês sempre estarão pertinho de alguma vogal.

Tive a ideia continuar a história, dizendo que as letras agora estavam morando, cada uma, em suas casas.
A princípio, as casinhas estavam vazias no mural. Convidei as crianças a procurarem as "moradoras" das casas (veja a foto acima). Cada criança procurou uma letra, e colocamos nas janelas.
No outro dia, distribuí uma sílaba para cada criança. Formamos as palavras e depois colamos as sílabas nas suas casas. Algumas palavras por dia, até a maioria das sílabas estarem coladas.
De início, não contei sobre a "lógica" da arrumação (cada sílaba num andar). Muitas crianças perceberam no segundo dia que existia uma "sequência". Optei por usar a sequência A - E - I - O - U por ser a mais conhecida (e ser a ordem em que as vogais aparecem no alfabeto).

Eu criei essa casinhas das "vogais", que aparece na primeira foto da postagem, e esta foi a última que preenchi com as letras (após eles descobrirem a lógica da sequência).

Outros passos: colar nos outros espaços os diversos tipos de letras - bastão minúsculas, cursiva maiúsculas e minúsculas.
Desdobramentos: 
a) Fonte de consulta para escrita e leitura. Comparação entre os diferentes tipos de letras.
b) Formação de palavras novas com as sílabas (composição e decomposição de palavras).


Agradeço à professora Aline Pacífico, que divide a sala comigo, por permitir que utilizasse o mural para a confecção do "condomínio", que servirá para as duas turmas.

Agradeço à professora que confeccionou estas lindas casinhas de feltro; elas serviram de inspiração para as minhas em EVA.


Agradeço à professora Magda Soares,
 fonte de inspiração para todos que trabalham alfabetizando as crianças brasileiras.

Prof.ª Ivanise Meyer 
Maio/2016

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...