22 de mai de 2016

Clipping: Letramento e Alfabetização


Magda Soares
  • Métodos de alfabetização – Entrevista com Magda Soares (vídeo)
  • Entrevista com Magda Soares (parte I) Vídeo: A professora emérita da Faculdade de Educação (FAE) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) é uma das maiores especialistas em Alfabetização e Letramento no país, Magda Soares responde a perguntas de professores alfabetizadores oferecendo dicas importantes para a prática na sala de aula.
  • Entrevista com Magda Soares (parte II) Vídeo: os princípios pedagógicos da alfabetização e a necessidade da criança aprender a ler e escrever por meio de práticas e materiais reais de leitura e escrita, salientando que a alfabetização e o letramento devem ocorrer de forma articulada.
  • Entrevista com Magda Soares (parte III) Vídeo: políticas públicas para a alfabetização: tanto as de âmbito nacional, como as de nível estadual e municipal. A educadora aborda, também, a questão das avaliações externas e pondera que é importante haver um olhar "de fora" sobre a educação desde que baseado em um currículo com metas estabelecidas de forma clara.

Links Legais
Letramento / Alfabetização
Técnicas
Linguagem
Produção de Texto

6 de mai de 2016

Dia das Mães


Fizemos alguns "mimos" para as mães da turma...
 
 
Cartão Buquê
~~~~~~~~~~~~
 
Colei essa imagem em folha de papel na horizontal, de forma que cada folha tivesse 2 buquês.
Cortei o retângulo, cada criança pintou e escreveu atrás: "Mamãe, eu te amo!
Dobrei nas marcas, dando a forma de um buquê.
 
 
♥♥♥
 

 
Desenho para a Mamãe
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
As crianças tiveram essa ideia. Então, um desenho virou "presente".
Colocamos o desenho dentro de um envelope.
 
Nessa escrita do envelope aprendemos: que ele serve para guardar uma carta, um desenho, um cartão. Que na parte da frente escrevemos QUEM receberá o envelope (destinatário). Na parte de traz escrevemos quem mandou o envelope (remetente). Utilizamos a escrita da esquerda para a direita, na frente e atrás, e os conceitos de em cima e embaixo.
 
 
♥♥♥
 


Lembrancinha: Caderno de Anotações
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
 
Usei um caderno pequeno, encapado com cartolina decorada. As crianças pintaram com capricho!
Depois colei a pintura na capa, e por dentro (na contracapa) colei duas mensagens:
 



A caneta está com um adesivo (etiqueta com cola) da Mamãe Coruja:
 
As lembrancinhas foram para muitas Mamães Corujas!!!
 

Depois coloquei tudo que fizeram em um saco de celofane amarrado com fitilho.
 
♥♥♥
 
Feliz Dia das Mães!!!
 
Organizado por Ivanise Meyer®
 


14 de abr de 2016

"A Indiazinha" - vídeo da Turma do Cocoricó





"A Indiazinha" é o programa que apresenta a Oriba (personagem que aparecerá em vários outros episódios). Aqui você encontrará a música Tu Tu Tu Tupi (Hélio Ziskind) cantada pelaTurma do Cocoricó.
Eu tenho ainda a fita VHS com esse programa, já havia passado para DVD para não perder essa preciosidade!
Super recomendo!
 
♥♥♥
 
Clipes da música:
 
♥♥♥
 
Organizado por Ivanise Meyer®
 

28 de mar de 2016

Números (0 a 9)

NÚMEROS (0 a 9)
~~~~~~~~~~~~~~~~~~
 



 





 
Painel dos números
Comprei vários itens (números, bichinhos, bolinhas em EVA) no Mercadão de Madureira.
Recortei as mãos em EVA. Depois colei os ítens em cartolina com cola quente.
Fiz a numeração dos dedos com caneta branca (Uniball).
 
Organizado por Ivanise Meyer®
 
 


27 de mar de 2016

Semáforo do Comportamento


 
Estava procurando uma sugestão para ajudar às crianças a entenderem que os combinados realizados no início do ano devem ser cumpridos.
Fizemos uma lista de combinados do tipo PODE / NÃO PODE,
mas algumas crianças insistem em descumprir, mesmo com todas as explicações...
 
Quando vi esse SEMÁFORO, achei interessante. Tenho várias sugestões coletadas de blogs ao longo dos anos, mas essa dá para a criança visualizar as suas atitudes em sala.
Evita também o desgaste, pois a criança percebe que descumpriu algo que foi combinado.
 
No início da aula, todos estão com seus nomes no símbolo verde (MUITO BEM!).
As regras estão no mural da sala, e já foram discutidas com as crianças (causas/efeitos).

Quando a criança descumpre um combinado, primeiro é alertada. Se continua, o pregador com nome passa para o símbolo amarelo (ATENÇÃO!).

Se continua a descumprir, o pregador passa para o símbolo vermelho (MELHORAR!).
 
Ao final da aula, conversei com eles sobre o dia. Em uma tabela, marquei as cores dos símbolos daquele dia para analisar na sexta-feira.
Na sexta-feira, aqueles que ficaram verdes durante a semana, levarão um "passatempo" para brincar em casa (quebra-cabeça, sete erros, liga pontos, etc).
 
Espero que eles compreendam a importância de respeitar as regras, para que TODOS possam se beneficiar dos momentos que passamos na aula.
 
Fiz o meu semáforo baseado nesta foto da internet.
 
 
Limites na Escola
 
Disciplina é algo necessário em casa e na escola.
Não é apenas mandar e dar ordens, mas oferecer uma base para que a criança possa crescer entendendo que existem regras em todos os lugares.
Na escola, em um grupo muito maior do que em sua casa, a criança por vezes descumpre as regras acreditando que "pode fazer o que bem entender", pois seus responsáveis não estão presentes.
Como controlar essa situação sem sair desgastada à cada aula?
Depois de quase trinta anos em sala de aula, afirmo que é difícil. Quanto mais velhas, mais as crianças resistem às regras.
Cada professor(a) precisa buscar o seu ponto de equilíbrio. Precisa buscar alternativas que permitam à turma se beneficiar da aula planejada.
Algumas crianças são mais resistentes. Pedir o apoio da família, nem sempre é possível. Muitas vezes, infelizmente, a família propicia essa falta de limites aos próprios filhos...
Trabalhar com valores, através de histórias e músicas, conversas em grupo, podem ajudar.
Elaborar com a turma uma lista de combinados do tipo "pode/não pode", ajuda a entender o porquê das regras.
Algumas crianças escolhem descumprir as regras como forma de chamar a atenção. Não reforçar negativamente um comportamento pode ajudar.
Reforços positivos são bem-vindos, só cuidado para não "comprar" as crianças com "balas e pirulitos" (como já vi por aí...). Procure formas de reforço positivo que sejam educativas, que sejam um "prêmio", mas não uma "moeda de troca".
A criança precisa perceber a importância e os benefícios que ela mesma terá ao cumprir os combinados.
Nossa tarefa é árdua! Educação vem de casa, sempre ouvimos... Quantas vezes, percebemos que nem o "básico" está vindo de casa?
A primeira coisa que falo para qualquer aluno é: - Aqui é uma escola, você não está em sua casa.
Jamais pergunto: - Você faz isso com sua mãe? Porque na maioria das vezes, infelizmente, a criança faz.
Nós somos os professores e professoras, não pertencemos à família da criança. O comportamento escolar é diferente da casa. Isso precisa ficar claro.
Estabelecer limites é saudável, necessário e fundamental para que possamos viver nossa cidadania (desde qualquer idade).
 
Ivanise Meyer

24 de mar de 2016

Coelho (fantoche)

Coelho (fantoche)
~~~~~~~~~~~~~~~
Hoje fiz esse coelho com as crianças.
Elas gostaram porque se torna
um brinquedo (fantoche)
depois de pronto.
Serve como sugestão para
Páscoa, pois o coelho
é um de seus símbolos.
Veja o passo a passo no
Baú das Dobraduras

16 de mar de 2016

"O Reino das Letras" - História sobre o Alfabeto

 
O REINO DAS LETRAS
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Era uma vez, um reino encantado onde viviam uma fada e todas as letras do alfabeto em um lindo castelo. Viviam felizes e brincavam muito.  (fada rosa e as letras)
Perto dali, havia um outro castelo, muito bonito onde moravam uma fada com os números. (fada azul e os números)
Um dia, a fada do castelo dos números convidou as letras para uma festa, mas a fada das letras não deixou que elas fossem, porque iria chover.
Quando anoiteceu, algumas letras desobedientes (consoantes) saíram escondidas e foram à festa, e as outras ficaram pois estavam obedecendo à fada das letras. (vogais)
Quando voltaram, caiu uma tempestade com raios e trovões. Um raio caiu perto da letra H e ela ficou muda! As outras letras ficaram muito assustadas.
Ao chegarem no castelo, levaram uma bronca da fada! Ela disse:
- Vocês não vão mais andar sozinhas! De agora em diante, vocês sempre estarão pertinho de alguma vogal.
As consoantes aprenderam a lição, ficaram amigas das vogais, e estão sempre por aí escrevendo todas as palavras que conhecemos!
E os números? Também vivem felizes "contando" tudo que existe no mundo!
 
♥♥♥
 
Esta história foi baseada na criação da professora Greice Amorim: "A magia do alfabeto", publicada em seu blog Cantinho Lúdico em 2008.
Obrigada, amiga querida por compartilhar essa história que tenho guardada aqui nos meus arquivos há muito tempo. Greice também foi pioneira dos blogs educacionais e tem um belo trabalho na Educação. Clique aqui e assista ao vídeo sobre a sua história.

♥♥♥
 
Aqui as fotos de "O REINO DAS LETRAS":
 
Aproveitei uma caixa grande para fazer a base. A capa está na primeira foto.
Tudo forrado com papel 40 quilos (colorido).
Na parte de dentro, coloquei os dois castelos.

Castelo das Letras
Colei uma "bolsa" de cartolina para acomodar as consoantes.
As letras estão coladas em palitos (de picolé).
As vogais estão encaixadas em aberturas que fiz nas janelas do castelo.
O castelo foi colado apenas nas laterais e na parte debaixo.

Castelo dos Números
 

Fadas
 
Na capa colei o título com letras em EVA e fadas desses kits "made in China".
 
Imagens que pesquisei na internet:
 





 
Organizado por Ivanise Meyer®
 


14 de mar de 2016

Janela do Tempo

 
Janela do Tempo
~~~~~~~~~~~~~~~
Este ano resolvi fazer uma "janelinha" diferente. Como sou (também) professora de Ciências Naturais, gosto de transmitir os conceitos para as crianças contando o porquê dos fenômenos que elas percebem.
 
Essa "janelinha" possui o Sol já impresso, dando a ideia de que nosso astro está sempre no céu, o que mudam são as variações do "tempo".
 
As crianças perguntaram sobre a Lua. Respondi que com o passar das horas não vemos mais o Sol, e por isso podemos enxergar a Lua. Porém, como estudamos durante o dia, o que vemos no céu é o Sol. Nesta idade (entre 6 e 7 anos) as crianças percebem o movimento "aparente" do Sol. Mais tarde, poderão compreender a rotação e translação dos planetas.
 
Pesquisei imagens pela internet, fiz essa montagem que você vê na foto acima, ampliei no site Block Posters e montei deixando tudo preso com fitas.
 
Tempo: Nublado com o Sol aparecendo (fita amarela)

Tempo: Chuvoso (fita azul claro)

Tempo: Chuva com raios (fita azul escuro)

Tempo: Nublado encobrindo o Sol (fita azul claro)

Atrás da "janelinha" eu fiz um envelope de cartolina para que os elementos do tempo fiquem guardados.

Calculei a altura das fitas para que ficasse no lugar correto.
Depois dei um nó, passei cola e fita adesiva.

"Janela do Tempo" no mural que organizei em 2016.
 
Deixei os arquivos no Google Drive para baixar nos links:
Ampliação da Janela do Tempo (pronto para imprimir)
 
Organizado por Ivanise Meyer®

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...