2 de set de 2018

Matemática 22: Conhecendo o Material Dourado


MATERIAL DOURADO
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Relato com a turma 1202 em 30/8/2018.

Estamos trabalhando o Sistema de Numeração Decimal há algum tempo usando palitos amarradinhos (dezena) e o QVL (quadro valor de lugar). 
Na sexta-feira, apresentei este "novo" material às crianças, dei algumas pistas e incentivei para que descobrissem a sua utilidade.
Após relacionar os palitos com o material dourado, fizemos várias contas usando o QVL.
As contas foram realizadas foram as que estão na próxima atividade.
Foi bem bacana!

♥♥♥

Desafio: descobrir os resultados das adições utilizando como estratégias o cálculo mental ou o material dourado.
Entreguei apenas as "bolas" de sorvete, já destacadas do impresso.
Eles cortaram as "bolas" de sorvete, realizaram as contas anotando o resultado no verso. Arrumaram as "bolas" de sorvete de acordo com os resultados nas casquinhas e colaram.
Esta atividade ficou registrada no Caderno de Matemática.
A parte do impresso com as casquinhas ficou colada no caderno.

♥♥♥


Para terminar nosso "dia matemático", outro desafio: descobrir o resultado de contas de adição ou subtração.
Cada criança pegou uma conta (sorteio) e fez o cálculo usando o material dourado. Após alguns minutos, cada uma, na sua vez, foi convidada a procurar o resultado do seu cálculo. Momento de muita emoção!
Quem não conseguiu, voltou para o lugar e teve nova chance, recebendo ajuda de algum colega "mais experiente". Alguns não precisaram de ajuda, refizeram seu cálculo usando o material dourado.


"Campeonato de Contas"

Materiais utilizados:
 Material dourado (acervo da escola), etiqueta adesiva para os cálculos e os resultados (impresso).
A surpresa "doce" veio dentro do saquinho!
Foi um "dia matemático" bem saboroso!


29 de ago de 2018

Monografia: Leitura e Escrita na Educação Infantil


Retratos Escritos:
Imagens da Leitura e Escrita na Educação Infantil
Ivanise Meyer

RESUMO 

            Esta monografia relata as minhas experiências de professora com a leitura e a escrita, durante dois anos consecutivos, em uma turma de Educação Infantil de escola da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro.
A metodologia utilizada entrelaça histórias cotidianas, relatos de experiências, pesquisa documental, referenciais teóricos (revisão bibliográfica), que foram tecendo reflexões sobre o trabalho de letramento na Educação Infantil.
            Os retratos escritos trazem as práticas e as teorias a elas relacionadas, através das palavras que traduzem as imagens da memória, dos registros escritos, das fotografias e de materiais pedagógicos produzidos para professores da rede municipal entre as décadas de 70 e 80.
            Mediando minha interpretação das práticas, trouxe Freire, Vygotsky, Benjamin e Bakhtin dialogando sobre a linguagem, a criança e o professor. Outros autores foram se entrecruzando, permitindo um delineamento das especificidades da leitura e da escrita na Educação Infantil.
            O objetivo desta monografia é discutir as possibilidades de trabalhar as práticas sociais de leitura e escrita das crianças no cotidiano da Educação Infantil. O letramento é o fio condutor das discussões. Relacionando o tempo, o espaço, a prática e a teoria, os retratos escritos se organizam em torno de três eixos: I –    Os encontros entre tempo e espaço na Educação Infantil partindo da minha história de professora, das crianças da turma e da história do atendimento da rede pública à criança pequena no Rio de Janeiro. II – As possibilidades de trabalho nos contextos das práticas sociais de leitura e escrita das crianças, através do relato de nossas experiências de letramento, durante os anos letivos de 2002 e 2003. III – As interações entre letramento e alfabetização como proposta de trabalho na Educação Infantil.
            Entendendo que a ação letrar-alfabetizar deve permitir à criança o maior conhecimento possível sobre os contextos onde circulam a leitura e a escrita, é possível à Educação Infantil possibilitar que a linguagem seja um instrumento de inclusão no mundo da cultura escrita, por direito de cada criança.

 Palavras-chave: alfabetização, escrita, leitura, letramento. 

♥♥♥

Para ler a monografia na íntegra, clique aqui.

11 de ago de 2018

Opinião: Humildade Cognitiva


Humildade Cognitiva
~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Texto postado no Facebook em 11/8/2018
Ivanise Meyer

Certa vez, meu professor do curso de Biologia escreveu besouro com "z". Não me lembro qual era a aula, mas recordo de uma colega me perguntando:
- Mas não é com "s"?
Fiquei irritada e respondi: - Veja a idade do professor, vai ver que na época dele era com "z"... Depois, você entendeu o que está escrito? Para quê vai corrigi-lo?
Esse professor era doutor em Biofísica, excelente profissional, dominava o conteúdo como poucos que conheci na área. Por que me importaria se escreveu besouro com "z"?
Sempre que presencio uma pessoa tentando corrigir um palestrante ou um professor, de forma desnecessária, me recordo deste dia.
Quando assisto uma aula, estou na condição de ouvinte. Querer corrigir um palestrante em público, não me parece uma mera contribuição, mas uma "concorrência" cognitiva. Pretender demonstrar conhecimento desta maneira, me parece desrespeitoso.
Já ouvi informações que discordei, seja pelo referencial teórico, ou pela experiência, ou pelo meu pouco conhecimento na área. Porém, na condição de ouvinte, prefiro manter a escuta atenta e guardar minhas indagações para um momento em particular.


5 de ago de 2018

Lembrancinha: Ponteira de Lápis (maçã)


Ponteira de Lápis
MAÇÃ
~~~~~~~~~~~~~~
Fiz essa ponteira de lápis para meus alunos na volta às aulas em 2018.


Materiais: EVA (vermelho e verde), molde para riscar, cola quente, 1 par de olhos móveis para cada maçã, caneta marcador para contorno da boca, espiral.

Como fazer: riscar pelo lado do avesso usando o molde (maçã e cabinho). Cortar com uma tesoura.
Colar o cabinho atrás da maçã.
Colar o par de olhos móveis.
Fazer a boca da maçã usando a caneta marcador (permanente).
Colar a maçã em um pedaço de espiral (7 cm).
Colocar no lápis.

O cabinho é colado atrás da maçã.




Embalei e coloquei todas as "maçãs" em um vasinho.
As crianças amaram!



Volta às aulas (2018)


Volta às Aulas
~~~~~~~~~~~~~~~~
 Voltamos às aulas nesta semana. 
Planejei algumas atividades especiais para marcar esse momento no ano letivo.
As crianças gostaram muito!

Li para as crianças o livro da Bia Bedran: "Fazer um bem" e conversamos sobre as diversas maneiras de "fazer um bem" propostos pela leitura.
Destaquei a palavra ALEGRIA, pois foi a utilizada quando fiz o mural do início do ano em 2018.

No final do dia, as crianças levaram para casa essa mensagem.



Neste dia, contei a história "Missão especial" que aprendi assistindo ao vídeo da Ana Flávia Basso.
As crianças curtiram muito, especialmente, o final!
Assista a "História da Maçã" clicando aqui.

Depois da história, degustamos as maçãs com estrelinha no meio...

No final da aula, passei o episódio "Flores e Frutos" de O Show da Luna.
Para conhecer o clipe do episódio, clique aqui.



Para encerrar a semana, contei às crianças uma história com interferência:
"Maçã vermelhinha, redondinha e gostosinha".


No final da aula, cada criança recebeu um lápis com uma ponteira de maçã.
Veja como fiz a ponteira clicando aqui.


Desejo que cada criança aproveite este semestre:
 estudando, brincando e aprendendo!
Tenhamos saúde, paz e amor em nossos corações.
Professora Ivanise Meyer



2 de ago de 2018

Cartão para o Dia dos Pais

Cartão para o
Dia dos Pais
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
Este ano fiz este cartão inspirada no modelo
 da amiga e educadora Sonia Ubeda.

"Maleta de Ferramentas"
Materiais: cartolina preta, azul (para as alças), impressão da mensagem, cola e tesoura.

Como fazer:
- Imprimir a mensagem em folha A4.
- A criança faz o seu desenho ao lado da mensagem e pinta as ferramentas (use cores claras).
- Cortar a maleta (18 X 22 cm) e dobrar no meio. Colar as alças.
- Colar uma etiqueta na frente da maleta.
- Colar a mensagem.
- A maleta (cartão) pode ser colocada em saco de papel celofane e amarrada com fitilho.

Texto do cartão:

PAPAI,
OBRIGADO POR VOCÊ...
ME ENSINAR A USAR ESSAS FERRAMENTAS.

♥♥♥





Organizado por Ivanise Meyer®

1 de ago de 2018

Dia dos Pais (cartão)

Dia dos Pais
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
Sugestão: CAMISA
..............................
Materiais: cartolina, retalho de papel de presente (gravata), lápis de cera (ou outro material para colorir), tesoura e cola.
Como fazer: Cortar nos lugares marcados e dobrar formando a "gola".
Pintar e decorar a camisa.
Colar a gravata fechando a gola.
Pode ser: cartão (escrever atrás), capa de livrinho, porta-caneta (cortar na altura do bolso com estilete e prender uma caneta).

Molde da camisa (em meia folha de papel A4).
Molde da gravata.

Sugestão: CARTÃO AMO VOCÊ
.................................................


Materiais: figuras impressas (menino e menina), cartão impresso, lápis de cor para pintar, tesoura e cola.
Como fazer: Cada criança pinta o seu boneco.
Recortar, dobrar os bracinhos e colar na frente do cartão.
O boneco fica com os bracinhos dobrados. Quando se desdobra aparece a frase:
AMO VOCÊ.
Pode-se escrever PAPAI na parte debaixo do cartão (ou imprimir).
Molde do menino e da menina.


Na frente está escrito:
TENHO UM SEGREDINHO
PARA TE CONTAR...
Veja mais sugestões e a oração que está neste cartão em:
♥♥♥
Organizado por Ivanise Meyer®

21 de jul de 2018

Opinião: 30 anos - "A vida é um sopro."


15/3/1988

Rio de Janeiro. Vila Kennedy. 23.º DEC. Assim começou minha história no magistério.

 Primeira turma: Classe de Alfabetização (C.A.). Estava perto da Páscoa e me lembro que fiz uns coelhinhos com cartolina amarela para as crianças. 

Ia para a escola com a amiga Elisabeth Alves, que já era professora há mais tempo na rede. Lucia Maria Larangeira Mercadante era a adjunta, depois foi diretora, a sua irmã Maria Celeste Larangeira BrumWalda Pinto De Moraes Pinto de Moraes e Esther foram grandes amigas dessa época.

Arrumando meu material, encontrei a minha caixa de giz, estojo e bolsinha que usei durante uns 20 anos... Guardei na época da aposentadoria da minha 1.ª matrícula. Tinha mania de deixar o quadro limpo, bem apagado, antes de escrever. Eu gostava de escrever usando giz colorido e fazia "quadros" lindos"!

Tenho orgulho da profissão que escolhi, por ser professora de escola pública e batalhar no "presente" por um "futuro" digno para cada ser humano que passa pela minha sala de aula.
 #PII

19 de jul de 2018

Sala de Aula 2018


Sala de Aula 2018
~~~~~~~~~~~~~~~~~~
O primeiro mural que faço é o de boas vindas.
Este foi o meu sentimento quando recebi a turma 1202 em 2018! 
Que possamos ter um ano letivo de alegria, felicidade, repleto de saúde e paz! 

Fiz os lápis e letras usando EVA. 
Ao redor, havia corações, e na 1.ª semana de aula cada criança escreveu seu nome em uma etiqueta que foi colada em um dos corações.


A partir de março comecei a organizar o mural da turma.
No canto direito, há um painel com os calendários, listas dos meses e dias da semana, estações do ano, aniversariantes, datas comemorativas (efeméridas) e os combinados da turma.
Substituí a "janelinha do tempo" por esse "relógio do tempo".

Abaixo do painel, há um emociômetro.

 No centro do mural, coloquei as produções das crianças.

No canto esquerdo, montei um "Cantinho da Matemática" com vários assuntos que serão estudados ao longo do ano.
Para ver os detalhes do Cantinho de Matemática, clique aqui.

Este é o no "Cantinho de Leitura".

Atrás da porta, coloquei uma fita numérica para fazer a medida da altura das crianças.
Essa girafinha foi comprada em uma loja. Eu enfeitei com essas bolotas e fiz o matinho com as flores em EVA para ficar mais charmoso!

Banner dos números

Silabário Simples

Silabário das Dificuldades Ortográficas

♥♥♥

Novidades 2018

Caixa "Tipos de Textos"

Para ver a postagem da caixa "Tipos de Textos", clique aqui.


"Caixa de Textos"
Ela tem variados tipos de textos, retirados de livros didáticos antigos. A maioria está colada em uma cartolina, forrada com saco de celofane.

Para ver a postagem da "Caixa de Textos", clique aqui.



Caixa "Passatempos"
são atividades para os momentos após as tarefas de sala de aula.
Atividades para os momentos após as tarefas de sala de aula: Sete diferenças, labirinto, caça-palavras, cruzadinha e liga pontos.

Para ver a postagem da caixa de Passatempos, clique aqui.



Caixa "Origami"
Esta turminha gosta muito quando fazemos origami, então criei esta caixa que fará parte dos "passatempos".
Diagramas e quadradinhos (são aqueles papéis para anotação de recados)

Para ver a postagem da Caixa de Origami, clique aqui.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...