11 de ago de 2018

Opinião: Humildade Cognitiva


Humildade Cognitiva
~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Texto postado no Facebook em 11/8/2018
Ivanise Meyer

Certa vez, meu professor do curso de Biologia escreveu besouro com "z". Não me lembro qual era a aula, mas recordo de uma colega me perguntando:
- Mas não é com "s"?
Fiquei irritada e respondi: - Veja a idade do professor, vai ver que na época dele era com "z"... Depois, você entendeu o que está escrito? Para quê vai corrigi-lo?
Esse professor era doutor em Biofísica, excelente profissional, dominava o conteúdo como poucos que conheci na área. Por que me importaria se escreveu besouro com "z"?
Sempre que presencio uma pessoa tentando corrigir um palestrante ou um professor, de forma desnecessária, me recordo deste dia.
Quando assisto uma aula, estou na condição de ouvinte. Querer corrigir um palestrante em público, não me parece uma mera contribuição, mas uma "concorrência" cognitiva. Pretender demonstrar conhecimento desta maneira, me parece desrespeitoso.
Já ouvi informações que discordei, seja pelo referencial teórico, ou pela experiência, ou pelo meu pouco conhecimento na área. Porém, na condição de ouvinte, prefiro manter a escuta atenta e guardar minhas indagações para um momento em particular.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...